quarta-feira, agosto 2

“A verdade escondida„


Esta foi a notícia veiculada nos meios de Comunicação
A queda de um parapente
com motor na Serra do Marão causou hoje a morte do piloto, um cidadão luxemburguês de 53 anos, e originou um incêndio de grandes proporções que cortou o trânsito no Itinerário Principal 4 (IP-4), entre Pousada do Marão e Amarante. De acordo com testemunhos recolhidos no local, pouco depois da queda do parapente, cerca das 10:39, o motor do engenho voador explodiu dando origem às chamas que por volta das 17:30 estavam a ser combatidas por 78 bombeiros, 21 viaturas e dois aviões. Mais de 250 hectares arderam no domingo na serra do Marão. Dói o coração olhar para a serra, ontem verde, hoje pintada pelo negro tenebroso do fogo. Resta-nos a consolação de o incêndio não ter sido causado por mão criminosa, mas pela explosão de uma aeronave que caiu na serra. No domingo, as chamas devoraram hectares de floresta, perante o esforço dos meios de combate para ali destacados, incluindo dois aviões e um helicóptero. Mais uma vez os “soldados da paz” provaram o seu denodo à coisa pública, batendo-se com desprendimento e bravura contra condições adversas, sobretudo o calor intenso e o vento forte.
Os Bombeiros são uma vez mais credores da nossa vénia.
O pesadelo de domingo fez lembrar o grande incêndio dos anos oitenta.
A destruição do incêndio deste fogo constituiu um alerta: há que trabalhar no sentido de criar condições para que o mesmo não se volte a repetir, sob pena de o pulmão de Amarante poder um dia sucumbir.

O que na realidade se passou
O que na realidade se passou e depois de ter sido dado o alarme, os Bombeiros e o INEM,chegaram 20 minutos depois, isto é cerca das 11 e 5 da manhã, ao chegarem ao local do sinistro depararam com o acidentado morto e ainda preso ao aprelho,ao tentarem libertar o corpo sem os cuidados devidos, foi provocado um curto-circuito ,(por volta das 12.45) que provocou a explosão do engenho, no seguimento dessa explosão propaga-se o fogo com uma tal rapidez e descontrolo, que obriga os bombeiros a recuarem deixando o corpo do piloto, ainda preso ao aparelho depois da chegada de reforços começa o combate às chamas que só acaba de noite, só depois tendo sido possivél o resgate do corpo do piloto. Não ponho em causa o trabalho realizado pelos Bombeiros na extinção do incêndio que em condições muito adversas (muito calor e Vento) foi brilhante e com bravura. O que aqui se torna de importância capital é que 250 hectares de floresta desapareceram por erro humano, ou falta de formação e preparação, como prova um relatório da DGF,a que tive acesso e brevemente será publicado. Aqui há uns meses, o Dr. António Costa apareceu rodeado de batalhões de bombeiros e de GNR's. Foi inventada uma saison de combate aos fogos, dividida em várias parcelas, com uns nomes patuscos que não consigo reproduzir, ou seja, neste momento está em vigor um desses sublimes momentos da saison, supostamente protegido pelos ditos batalhões de homens e de máquinas. Apenas quatro dias são passados sobre o início do mês de Junho e já estão aí os fogos, os tais que o Dr. Costa diligentemente pretendia evitar.
Num deles, no Marão, a "máquina", no caso um helicóptero , levou quatro horas a chegar. Em matéria de fogos, tudo, pois, como dantes.
Do choque tecnológico para este sector fica apenas o choque permanente das populações, ano após ano à espera que o inferno não desça, como já está a descer, à terra.
Só nos faltava isto, já não basta os incendiários e a falta de cuidado de muita gentinha por aí.


Até á próxima.........

Moral da Historia em Latin: Aliud est facere, aliud est dicere.


(as foto-montagens do Joaquim Mendes não são usadas neste blog com sentido depreciativo e o nome Bode Ranhoso é do editor deste blog,peço-vos que não o associem ao Sr Joaquim Mendes pois tenho o maior respeito por ele)

30 comentários:

  1. Gostava de saber como soubeste do relatório da D G Florestas,aqui na aldeia falava-se nisso mas nada é oficial.

    ResponderEliminar
  2. já se sabe que os sapadores dos baldios de Ansiães deram com a lingua nos dentes,mesmo assim é sempre bom alguém escrever que assim os tipos veêm que afinal as coisas descobrem-se sempre.

    ResponderEliminar
  3. até custa a crer que eles conseguiram travar o fogo nos corta mato e deixram-no passar na via rapida e na Nacional 15.

    ResponderEliminar
  4. Por isso eu estava a ver de longe o acidente e na verdade só vi chamas para aí uma hora depois,está explicada
    a razão,mandaram uma equipe de voluntários mal preparada.

    ResponderEliminar
  5. vem para cima de nós com trenguiçes de choque tecnologico e simplex's ,isto tudo é só publicidade,as coisas estão como estavam ou pior basta ir a uma repartição publica que se tira logo a prova dos nove.
    Quanto aos fogos foi tudo muito bonito ,mas foi para aparecer nos meios de comunicação,agora vê-se que não fizeram nada.
    Estou á espera que o Luis Ramos consiga fazer alguma coisa por nós.

    ResponderEliminar
  6. Mário S. amaranteagosto 02, 2006

    o que me está atravessado na goela é que eu votei no Armindo Abreu com medo que o AFT ganhasse e afinal estou arrependido o PS de amarante está caladinho com o problema da maternidade,anda a fazer caixinha com o governo ,em vez de ajudar o conselho (povo) que os elegeu.

    ResponderEliminar
  7. Anónimo de Murgidoagosto 02, 2006

    isto dos fogos interessa a muito boa gente acreditem em mim,começando nos industriais da madeira e passando pelos bombeiros,vejam se não é verdade:
    antigamente os Bombeiros eram chamados pelo alarme hoje já são proficionais com ordenado e ficam no quartel o ano todo.

    anónimo de Mugido

    ResponderEliminar
  8. Marta L. do Marãoagosto 02, 2006

    Afinal o lobo mau o artigo no blog do lobo mau não passa de tentativa de apagar o que aconteceu ou então anda a dormir e não sabe do que se passa.

    O Bode é o maior seja lá ele quem for

    ResponderEliminar
  9. que dizer que aquele prejuizo todo foi causado pelos bombeiros,sim senhor é caso para dizer "quem guarda os nossos guardas"
    cumps

    ResponderEliminar
  10. cheguei hoje de França e quando vi o Marão do lado da pousada até me doeu o coração,não é possivél andar sempre a dizer que para o ano é que é ,e acontece sempre o mesmo,putain de merde.
    oopss ,espero que o bode não se chateie com esta boca mas foi o que me saiu.

    cumps da Aveclândia

    ResponderEliminar
  11. Mário Linoagosto 03, 2006

    Os bombeiros deviam saber que a primeira coisa que se deve fazer num caso destes é neutralizar,e a fonte de combustivel,se não for possivél pela forma normal, teriam de cobrir o deposito com espuma isoladora e então proceder ao resgate do corpo.
    tá visto que não sabiam ou então mais grave falta de proficionalismo.

    Mário lino

    ResponderEliminar
  12. Pobre marão que estás á mercê de incendiarios e de bombeiros,

    ResponderEliminar
  13. Fernando G.agosto 03, 2006

    chegava mais rapido o helicopetero do ferreira torres ,com os frigorificos e para passear o pessoal que os que o Governo tanto fala isto de choques é só basofia para zé povinho ouvir

    ResponderEliminar
  14. Se fosse em vila meã o panaca do Armindo Abreu até se arrepiava todo,tinha medo dos 80 mil euros que deu para restaurar uma igreja que é pertença do vaticano,mas apoiar os Bombeiros já não ,mandou vir no outro dia material de sapadores para as freguesias e vejam a puta da vergonha esse material foi elaborados com as mangueiras utilizadas, oferecidas pelos Bombeiros

    ResponderEliminar
  15. Gostei. Muito bom!!!

    Um excelente final desemana pra ti!!!

    Um abraço,
    Cris

    ResponderEliminar
  16. Estão á espera de milagres ?
    O Armindo Abreu está só a fazer o que os outros politicos não fazem,ele não se esqueceu da terra onde nasceu,ao passo que com outros não é assim,mal varranjam poleiro esquecen-se da terrinha onde nasceram,nisto dou-lhe louvor ,apesar de eu ser de candemil.

    ResponderEliminar
  17. Aderito Gomes-Penafielagosto 06, 2006

    Ao anoitecer as cidades do Porto e de Gaia estavam carregadas de uma nuvem negra, devido ao fumo arrastado dos vários incêndios no distrito.
    Acabou a publicidade que o governo andou no inverno e primavera a promover,nada mudou,só a feira de vaidades e uso improprio dos média para enganar o povo mudou,o primeiro ministro dá nomes pomposos aos seus programas,só nomes

    ResponderEliminar
  18. Se alguem tinha duvidas perdeu-as ,os aviões são só para promover o governo,uso no terreno nada ,só basofia

    ResponderEliminar
  19. Não sei como vim parar aqui ontem, mas gostei da forma como usas as palavras e da ordem que dás ao teu espaço. Por essa razão deixei-te um pequeno aviso da minha visita.
    Agora, vim retribuir tua gentileza. Gostei que tenhas estado em minha janela e serás sempre muito bem vindo. Vou te linkar, pois assim facilitará minha vinda.

    Te desejo um excelente domingo.
    Com um abraço,
    Cris

    Se desejares, poderás visitar um outro espaço, com um olhar mais atento à movimentação política e meio sócioambiental, que divido com um amigo querido que reside nos Açores. Será um prazer te ter por lá.

    http://trilhaseterras.blogspot.com

    Tenha um lindo dia!!!

    ResponderEliminar
  20. Carlos Veigaagosto 06, 2006

    O país tem que arder todo, deve arder todo, para depois se proceder a uma reflorestação à maneira...possivelmente com árvores importadas e talvez impostas pelos altos comissários...
    E depois os portugueses não estão habituados a boas maneiras: fumam, bebem e deitam fora lixos incendiários, como pontas de cigarro e objectos de vidro...
    Ora, o calor não pede licença para entrar, é mal educado, sem cerimónias e acontecem os fogos de Verão.
    Quando não existir uma única árvore que seja digna desse nome e não proporcione bons lucros, podem ter a certeza de que Portugal vai continuar a arder de lés a lés.
    Um teve a luminosa ideia de distribuir telemóveis pelos pastores (toussinhe, é p'ra minhe) como meio de prevenção dos fogos. Nada resultou, como se esperava já. Mas depois desse, as coisas pioraram mesmo e não vejo outra maneira que a citada para que o país deixe de arder duma vez por todas.
    Proponho, no entanto, que se execute a dança a Nossa Senhora das Águas a ver se acaba este flagelo. Ou então, entoemos todos a canção do "espanta-fogos" a ver se a coisa melhora.

    ResponderEliminar
  21. Vão Dar Banho Ao Cão!
    afinal onde andam os GNR`s ...bem se ve que é só para as estatisticas..palhaçada, quando chegar ao final do ano gastou-se mais e ardeu o mesmo...

    ResponderEliminar
  22. PÉSSIMO ENSINO...

    INSUCESSO ESCOLAR...

    POBREZA....

    ASSALTOS...

    ASSASSINIOS...

    BURLAS A TODA A HORA...

    AGIOTAS...

    MAFIAS PORTUGUESAS E ESTRANGEIRAS...

    MORTES NAS ESTRADAS MAIS QUE NAS GUERRAS DO MÉDIO ORIENTE...

    SEM ABRIGOS...

    RACISMO DESCRIMINAÇÃO...

    CORRUPÇÃO...

    INCOMPETÊNCIA E ABUSOS DE PODER DOS DESGOVERNOS...

    NENHUMAS INFRAESTRUTURAS PARA AS INESPERADAS CONDIÇÕES CLIMATÉRICAS...

    MATERNIDADES ESPANHOLAS....

    DESCRIMINAÇÃO DA MULHER...

    ETC. ETC. ETC. ETC. ETC.

    NÃO FALEM DOS OUTROS...NÃO ESTEJAM SEMPRE A CUSPIR PARA O AR...LEVAM COM ELE TODO NA TROMBA..!

    ResponderEliminar
  23. Os incêndios florestais são um dos problemas mais graves que todos os verões atacam Portugal. Depois de na oposição ter sido extremamente ofensivo contra a política de prevenção a este tipo de eventos, José Sócrates apresentou uma série de medidas nos últimos meses. Aluguer, compra e adaptação de aeronaves para combate aos fogos. A criação de uma força de intervenção rápida anti incêndio da GNR, helitransportada. Novas verbas para as corporações de bombeiros. Com tantas medidas, mais uma vez apresentadas com pompa e circunstancia, comecei a pensar que este ano os incêndios iriam criar muito menos problemas, e ser extintos bem mais rapidamente.

    Qual não é o meu espanto quando no inicio desta semana vejo o cenário dos últimos anos a repetir-se. Grandes fogos de norte a sul. Populações em desespero com o céu vazio de aeronaves de combate a incêndios, bombeiros a queixarem-se de falta de apoios e verbas. A Serra do Marão foi a primeira grande vítima deste ano, que prometia ser calmo

    ResponderEliminar
  24. Li num blog que por acaso é da minha terra que tinham um relatório sobre o que se passou no incêndio do Marão,mas parece que é feito pelo proprio e só depois do incêndio,mas afinal só promessas ,ainda não se viu nada.
    eu gostava de saber se tu tens esse relatório mas o oficial?

    cumps

    ResponderEliminar
  25. Claro que tenho uma cópia do relatório elaborado pela D.G.F,só não sei porque ainda não foi publicado pois eu tenho desde julho,aqui cheira-me a gato.
    manda o teu email e o teu nome,que eu envio-te uma cópia.
    o meu mail é bode.

    ranhoso@gmail.com

    abraços

    ResponderEliminar
  26. Mas os sucessivos governos, com este inclusivé, esperam sempre um verão chuvoso para brilharem. Entretanto vamos sendo os parvos da Europa!

    ResponderEliminar
  27. PORTUGAL AINDA NÃO PRECISOU DE PEDIR AJUDA À COMISSÃO EUROPEIA,
    segundo o srº ministro A.Costa, e apesar de Bruxelas ter avisado Portugal que, essa ajuda só seria eficaz numa fase inicial.Conclui-se que ainda não estamos nessa fase! Imagine-se o que não será quando lá se chegar! Há jogos que não dá para descodificar mesmo! Isto aqui há gato ou lá em Bruxelas!!!!Deve ser um "mina" para alguém. Acho que a Europa e os governantes estão a "brincar com o fogo"!

    ResponderEliminar
  28. Ao menos os responsáveis politicos galegos têm coragem e falam a verdade. 5% de fogos postos, deixe-me rir Sr Ministro... e até esses mesmos 5% corresponderão a muito da area ardida, porque os criminosos são mais malandros que a natureza e sabem como fazer os incendios. Demita-se Sr ministro. Na galiza 100 fogos fazem manchete e prometem fazer rolar cabeças ... a galiza corresponde a 1/3 da área portuguesa, .. nesse mesmo dia houve perto de 500 fogos em Portugal.

    ResponderEliminar
  29. Primeiro com as brigadas...que agoa envia para Espanha !!!

    Depois era só aparato ! Fatos anti-fogo para bombeiros que chegaram tarde e outros nem chegaram....mais aviões daqui e dali....russos...traulianos eu sei lá...

    Depois a infeliz campanha publicitária do Avião cheio de criancinhas equivalente equivalente a mortes em terra....que deu uma bordoeja no turismo que lhes vou contar...

    Depois vem falar em beatas cigarros e foguetes...quando isso em séculos de idade e comboios a vapor nunca deu origem a catástrofes destas..

    Aliás o ridículo chegou a tal ponto...que um bombeiro até pergunta ao ministro COSTA se os vidros partidos na floresta em contacto com o SOL....taambém incendeiam à noite....ESTAMOS ENTREGUES Á GERAÇÃO DO ABRIL NÉ ?

    Agora em relação ao terrorismo vem papaguear que Portugal está fora de risco blá blá blá
    Mas também não foi o COSTA que disse que estava tudo prevenido quanto a incêndios ?

    NÃO ME DIGAM QUE ISTO NÃO SÃO PAPAGAIOS CARÍSSIMOS AOS COFRES DO ESTADO DADA A INCOMPETÊNCIA PERMANENTE,,,,

    ResponderEliminar
  30. E PAREM OS GOVERNANTES DE ACUSAR O "DESERTO" DE ALMAS QUE LÁ SOBREVIVE! Estão concerteza a falar para os peixinhos , quando as últimas políticas favoreceram e favorecem ainda mais a sua desertificação. Sobram almas penadas e pessoas de idade avançada. Poucos são os casais que ainda têm alguama população. As afirmações do Srº Drº A.Costa provam mais uma vez que vivem noutra órbita. Aplique-se a lei que existe então, que foi criada ano passado e que as autarquias executem o que deve ser feito! Por outro lado ainda hoje ouvi e ouço foguetes, que também foram proibidos. Afinal leis para ficarem na gaveta, quando se trata de não aplicá-las aos amigos...não venham depois fazer dos portuguêses parvos. Em Espanha a maioria dos fogos são de origem criminosa; em Portugal só 5% é que são e o resto é culpa de quem lá já não vive e fala-se sempre p'ró ar! Os mesmos culpados de fogo posto na Galiza são os mesmos em Portugal, a diferença é que lá diz-se A VERDADE!

    ResponderEliminar

Deixe aqui a sua marrada.
O Bode Ranhoso agradece a sua Chifrada.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...