sexta-feira, maio 4

Justiça Cega,Surda e Muda


Um caso que raia o caricato está em julgamento nos juízes criminais do Porto. Uma mulher de 70 anos é acusada de um furto no Lidl, no valor de 3,99 euros, mas o Estado arrisca-se a gastar centenas de euros para apreciar este processo.
(Notícia do Correio da Manhã a 4 de Maio 2007)

Este é o mesmo Estado que despenaliza a emissão de cheques sem provisão por considerar que os mesmos não têm dignidade para serem levados a julgamento e que atrasam os processos "importantes" (como estes, de certeza). É o mesmo Estado que deixa prescrever os processos de monta, que indulta criminosos a monte e amnistia terroristas... se não fosse real daria um bom filme cómico!
Isto só pode ser para o resto da Europa se rir. Acho que deve ser por andarem ocupados com processos destes, que não têm tempo para os outros de corrupção, de violação, de homicídio e de pedofilia que se arrastam à anos. É um país muito pequenino, cada vez mais.
Se Deus existe, prefiro que me dê a morte, que vontade de voltar a votar.


Luscus caeco praefertur; sic undique fertur.....


Até á próxima.........


(as foto-montagens do Joaquim Mendes não são usadas neste blog com sentido depreciativo e o nome Bode Ranhoso é do autor deste blog,peço-vos que não o associem ao Sr Joaquim Mendes pois tenho o maior respeito por ele, sobre as fotosmontagens não estão relacionadas com os artigos, são só devaneios do Autor)

8 comentários:

  1. Paulo Silvamaio 04, 2007

    Se é para ser presa por ter roubado 1 creme entao mais valia ter assaltado 1 BANCO.

    ResponderEliminar
  2. Confesso que não entendo, então o que são crimes menores que não vão a julgamento? Sim senhor, continuem assim que vão no bom caminho, e para isso que o dinheiro dos contribuites. Haja bom senso, aqui não é de justiça que se trata mas sim mariolice. (Nottingham GB)

    ResponderEliminar
  3. Porque motivo o Lidl não retirou a queixa? Será o advogado do Lidl estagiário? E já agora O MP do Porto não tem mais nada para fazer. Ainda há dias o MP arquivou um processo da morte de um bébé e agora vem com isto, o carnaval já passou ou ainda não?

    ResponderEliminar
  4. Isto é inacreditável... vivemos num país fictício, com juízes e leis de outro planeta. É a velha história "quando o mar bate na rocha quem se lixa é o mexilhão".

    ResponderEliminar
  5. Vitor Santosmaio 05, 2007

    Enquanto os juízes fazem estes trabalhos da treta (por assim dizer) não têm de se maçar com os trabalhos a sério e que precisam de justiça séria e competente. Passar o dia a fazer somas simples é bem mais fácil do que tentar fazer equações complicadas. Ganham o mesmo...

    ResponderEliminar
  6. Assim se gasta o nosso dinheiro que tanto nos custa a ganhar! Os sr. Juizes deviam ser responsabilizados por certas decisoes que fazem sem o minimo de sensabilidade. Alguma gente tem a felicidade de ter dinheiro para o que querem mas quantos ha, que a necessidade os obriga a roubar, nao e de apoiar o comportamento da senhora, mas ha tantos outros crimes a espera de serem resolvidos.

    ResponderEliminar
  7. Apetecia-me comentar mas não consigo (ainda não parei de rir)...

    ResponderEliminar
  8. A Justiça tem coisas engraçadas. A do tipo que é julgado e detido, por roubar um pão e depois, na prisão, tem direito a 4 pães de borla, por dia, é das mais caricatas.

    ResponderEliminar

Deixe aqui a sua marrada.
O Bode Ranhoso agradece a sua Chifrada.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...